terça-feira, 18 de maio de 2010

A queda


'' Estamos a beira de um precipício , só a você e eu , o vento sopra sobre o seu rosto , mais meus olhares tomam um novo rumo , A queda , porém você não teme a altura , seus dedos estão entrelaçados aos meus , a adrenalina está subindo pelo meu corpo , o ar começa a cessar , minha voz então se esvaia , o vento leva minhas palavras pois ele leva tudo que não é concreto , agora apenas um passo nós separa da morte , nós não percebemos mais estamos sobre os olhares curiosos de pessoas sem coragem , você se vira e seu olhar fala por você , Encosto meus labíos nos seus , e não vejo os segundos passarem pela primeira vez , como se não houvesse amanhã , agora não consigo diferenciar a vida da morte pois ao pular perderei você , mas se esse for o meu fim ainda sobrarão os sonhos e lá eu sei que eu poderei te convencer a não pular , mas se nada te impedir , eu pularei com você . ''

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Aquele tempo


Se eu pudesse voltar no tempo , teria te abraçado e teria feito você prometer que nunca me deixaria , para que agora suas palavras se tornassem uma contradição , para eu ter um motivo para te odiar , Se eu pudesse voltar no tempo teria feito você sorri , mesmo quando a sua boca selava lagrímas , teria lhe explicado tudo oque agora está claro em meus olhos . teria passado lentamente a mão pelo seu rosto e observado cada movimento seu , para que agora pudesse recordar das memorias que o seu orgulho faz questão de apagar , Agora o seu desprezo é inevitável e cada palavra sua é insaciável , pois meus ouvidos ainda sonham em ouvir você dizer que ainda está aqui .


sábado, 8 de maio de 2010

pôr do sol


Será que eu estou adiando o fim , ou simplesmente estou adiando um novo recomeço para minha vida . Já está tarde o sol já se pôs , mas você , nem suas desculpas estão aqui , agora todos os dias o seu cheiro , nossas fotos , aquela musica , aquela que nós odiávamos , me lembram suas palavras doces embaladas pelo momento , você disse : '' Quando o sol se pôr , e vier então a ausência de luz e você não enxergar ninguém , eu estarei aqui adiando o pôr do sol , para que a escuridão não me tire o seu olhar '' . Agora estou tomada pelo medo e você não está aqui , oque você temia não ocorreu , a escuridão não ofuscou o meu olhar , mas as lagrímas tomaram conta de cada frase minha , então na escuridão eu fiquei apenas com o pouco de orgulho que me restava para me guiar , então assim que o sol nasceu , você apareceu , dizendo que temia a escuridão , mas que a Deus havia pedido a noite inteira '' não deixe que a escuridão a amedronte , peço que fique do lado dela , como eu prometi que ficaria , peço que susure em sua mente que eu a amo , peço que mantenha ela viva , pois eu sei que o sol vai nascer , e eu só quero acordar se eu souber que ela estará lá '' .